Início > Astronomia > Efemérides Astronômicas – Junho 2011

Efemérides Astronômicas – Junho 2011

image_pdfimage_print

Olá a todos os leitores do blog. Aqui estão as efemérides do mês.  A seguir, listaremos as seguintes informações: gráfico da esfera celeste, horizonte artificial, fases da lua, previsão do tempo em sua cidade, elongação dos planetas, nascer/ocaso do sol (e crepúsculos), efemérides de junho/2011, chuvas de meteoros e os eclipses solares e lunares.

LEMBRETE: Os dados observacionais de gráficos estão configurados para 05/06/2011, Brasília, às 20:00 em horário local (23:00 UTC). Salvo quando for indicado outro local de observação em alguns dos itens abaixo. Considerar diferenças entre os gráficos de “horizonte artificial” e “esfera celeste”, além dos dados de “hora do entardecer” devido aos locais reais de observação.

Os outros horários, como das fases lunares, estão em UTC (ver link sobre Tempo Universal Coordenado).

1) Gráfico da Esfera Celeste.

Esfera Celeste - Junho 2011

Esfera Celeste - Junho 2011

2) Horizonte Artificial.

 

Horizonte Artificial - Junho 2011

Horizonte Artificial - Junho 2011

3) Fases da Lua (retirado de software).

  • Nova: 01/06 – 21:03 UTC.
  • Quarto-Crescente: 09/06 – 02:11 UTC.
  • Cheia: 15/06 – 20:14 UTC.
  • Quarto-Minguante: 23/06 – 11:49 UTC.

4) Previsão do Tempo

Coloque o nome da sua cidade no campo abaixo e clique em “resultado”. Será redirecionado para serviços do site da INPE.

Previsão para as Cidades
 

Basta digitar no mínimo as 3 primeiras letras da cidade.


FONTE: INPE

Abaixo a previsão do tempo de capitais pela “Climatempo”.

[climatempo]

5) Nascer, Ocaso do Sol e Crepúsculo Solar:

Data C. Astron. C.Náutico (Manhã) C. Civil (Manhã) Nascer. Passagem Meridional Ocaso C. Civil (Anoitecer) C. Náutico (Anoitecer) C. Astron. (Anoitecer)
01/06/11 05:23:00 05:51:00 06:18:00 06:42:00 12:09:00 17:35:00 17:59:00 18:27:00 18:54:00
02/06/11 05:24:00 05:51:00 06:19:00 06:43:00 12:09:00 17:35:00 17:59:00 18:27:00 18:54:00
03/06/11 05:24:00 05:51:00 06:19:00 06:43:00 12:09:00 17:35:00 17:59:00 18:27:00 18:54:00
04/06/11 05:24:00 05:52:00 06:19:00 06:43:00 12:09:00 17:35:00 17:59:00 18:27:00 18:54:00
05/06/11 05:25:00 05:52:00 06:20:00 06:44:00 12:09:00 17:35:00 17:59:00 18:27:00 18:54:00
06/06/11 05:25:00 05:52:00 06:20:00 06:44:00 12:10:00 17:35:00 17:59:00 18:27:00 18:54:00
07/06/11 05:25:00 05:53:00 06:20:00 06:44:00 12:10:00 17:35:00 17:59:00 18:27:00 18:54:00
08/06/11 05:26:00 05:53:00 06:21:00 06:45:00 12:10:00 17:35:00 17:59:00 18:27:00 18:54:00
09/06/11 05:26:00 05:53:00 06:21:00 06:45:00 12:10:00 17:35:00 17:59:00 18:27:00 18:54:00
10/06/11 05:26:00 05:54:00 06:21:00 06:46:00 12:10:00 17:35:00 17:59:00 18:27:00 18:54:00
11/06/11 05:27:00 05:54:00 06:22:00 06:46:00 12:11:00 17:35:00 17:59:00 18:27:00 18:55:00
12/06/11 05:27:00 05:54:00 06:22:00 06:46:00 12:11:00 17:35:00 18:00:00 18:27:00 18:55:00
13/06/11 05:27:00 05:54:00 06:22:00 06:46:00 12:11:00 17:35:00 18:00:00 18:27:00 18:55:00
14/06/11 05:27:00 05:55:00 06:23:00 06:47:00 12:11:00 17:36:00 18:00:00 18:28:00 18:55:00
01/06/11 05:23:00 05:51:00 06:18:00 06:42:00 12:09:00 17:35:00 17:59:00 18:27:00 18:54:00
02/06/11 05:24:00 05:51:00 06:19:00 06:43:00 12:09:00 17:35:00 17:59:00 18:27:00 18:54:00

Um dos critérios para estabelecimento entre a ocorrência de crepúsculo civil, náutico e astronômico:

  • Crepúsculo civil:
    • Vespertino: desde o pôr do Sol até que a sua altura (o centro do disco solar) seja -6º (6 graus abaixo da linha do horizonte).
    • Matutino: desde que o Sol atinge uma altura de -6º até este aparecer na linha do horizonte.

Com o Sol a -6º, conseguem ver-se com certa facilidade as estrelas de primeira magnitude e os planetas que possam estar sobre o horizonte. Tipicamente, é o intervalo habitual em que, com o Sol abaixo da linha do horizonte, as cidades ainda não necessitam de iluminação artificial.

  • Crepúsculo náutico:
    • Vespertino: desde o pôr do Sol até que a sua altura (o centro do disco solar) seja -12º (12 graus abaixo da linha do horizonte).
    • Matutino: desde que o Sol atinge uma altura de -6º até este aparecer na linha do horizonte.

Com o Sol a -12º, conseguem ver-se com certa facilidade as estrelas náuticas de primeira e segunda magnitude e consegue-se reconhecer com facilidade as principais constelações. A importância dos astros para os marinheiros remota ao passado quando ainda eram usados para determinar a posição de uma embarcação, medindo a altura das estrelas com um sextante. Quando o Sol está 12º abaixo do linha do horizonte, este é o limite aproximado de luz que permite ver a linha de horizonte marítimo.

  • Crepúsculo astronómico:
    • Vespertino: desde o pôr do Sol até que a sua altura (o centro do disco solar) seja -18º (18 graus abaixo da linha do horizonte)..
    • Matutino: desde que o Sol atinge uma altura de -18º até este aparecer na linha do horizonte.

Com o centro do disco solar 18º abaixo da linha do horizonte, podem ser observadas, à vista desarmada, as estrelas de sexta magnitude. Assume-se esta altura, ainda inferior aos demais crepúsculos (-18º), de forma a garantir que a luz do Sol não interfira com as observações astronômicas. (CREPÚSCULO. In: WIKIPÉDIA, a enciclopédia livre. Flórida: Wikimedia Foundation, 2011. Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Crep%C3%BAsculo&oldid=24617474>.)

6) Elongação dos Planetas (Junho 2011)

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Na astronomia, a elongação de um planeta é o ângulo entre o Sol e o planeta, quando observado da Terra. Quando um planeta inferior é visível depois do pôr-do-sol, está próximo de sua elongação oriental máxima e quando é visível antes do nascer do sol, está próximo de sua elongação ocidental máxima. O valor da elongação máxima (leste ou oeste) para Mercúrio varia entre 18º e 28º e para Vênus entre 45º e 47º. Estes valores munado em função da órbita elíptica dos planetas, e outra contribuição menor para esta inconsistência é a inclinação orbital de cada planeta que está num plano diferente. (FONTE: ELONGAÇÃO (ASTRONOMIA). In: WIKIPÉDIA, a enciclopédia livre. Flórida: Wikimedia Foundation, 2011. Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Elonga%C3%A7%C3%A3o_(astronomia)&oldid=24613251>.)

7) Efemérides (Junho – 2011).

Dia/Hora Efeméride
01/06/2011 às 21:17:00 Eclipse solar parcial A Lua oculta o Sol parcialmente.
11/06/2011 às 15:57:00 Conjunção Lua – Espiga Alinhamento entre a Lua e a estrela Espiga (Spica).
12/06/2011 às 01:42:00 Perigeu da Lua Mínima distância entre a Terra e a Lua (360 mil km).
15/06/2011 às 20:13:00 Eclipse lunar total A Lua passa totalmente pela sombra da Terra.
21/06/2011 às 17:16:00 Solstício de Junho Começa o Inverno.
24/06/2011 às 04:13:00 Apogeu da Lua Máxima distância entre a Terra e a Lua (400 mil km).
28/06/2011 às 06:52:00 Conjunção Lua – Plêiades Alinhamento entre a Lua e as Plêiades.
28/06/2011 às 18:59:00 Conjunção Lua – Marte Alinhamento entre a Lua e o planeta Marte.

Obs.:

  1. Lembrando que as conjunções são alinhamentos aparente entre corpos celestes, ao ser visto da Terra, por exemplo. Para saber mais, acesse este link.
  2. Apogeu: ponto de maior distância entre um astro orbitante e outro orbitado.
  3. Perigeu: ponto mais próximo numa órbita entre um astro orbitante e outro orbitado. Tanto apogeu e perigeu acontecem pois as órbitas são elípticas.

8 ) Chuvas de meteoros.

Nome Datas Data do pico Ascenção Reta Declinação Velocidade (km/s) THZ Intensidade e descrição
Omega Escorpionídeas Mai 23 – Jun 15 Jun 2 15:56:00 -20 21 5 Fraca
Arietídeas Mai 22 – Jul 2 Jun 7 02:56:00 24 38 54 Forte. Diurna
Sagittarídeas Jun 1 – Jul 15 Jun 19 18:16:00 -23 30 5 Média
Tau Cetídeas Jun 18 – Jul 4 Jun 27 01:36:00 -12 66 4 Fraca
Bootídeas de Junho Jun 28 – Jun 28 Jun 28 14:36:00 49 14 Variável Irregular
Tau Aquarídeas Jun 19 – Jul 5 Jun 28 22:48:00 -12 63 7 Fraca
Theta Ophiuchídeas Jun 4 – Jul 15 Jun 29 16:36:00 -15 29 2 Fraca

(*) THZ – Taxa Horária Zenital: é uma média baseada na quantidade de meteoros que, obedecidos certos parâmetros de visibilidade, o observador poderá observar durante uma hora.

9) Eclipses:

a) Solar:

Em 1º de Junho acontecerá um eclipse solar parcial. Visível apenas no hemisfério norte.

Eclipse solar parcial - Abrangência (FONTE: NASA)

Eclipse solar parcial - Abrangência (FONTE: NASA)

b) Lunar:

  1. Total: “visível no continente africano e na Ásia Central, também na América do Sul” (Fonte: Wikipédia).

    Eclipse lunar total, abrangência (FONTE: NASA)

    Eclipse lunar total, abrangência (FONTE: NASA)

Em 15 de junho ocorrerá eclipse total lunar. Durará cerca de 100 minutos.

Para saber sobre eclipse solar clique aqui. Clique aqui para ler sobre eclipse lunar.

10) Fontes.

Arnaldo Vasconcellos

Astronomia , , , , ,

  1. 11, Julho, 2011 a 09:59 | #1

    Super interessante!

  1. 30, Maio, 2011 a 16:19 | #1